Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2011

POVOADORES DO OURO - SÉC. XVIII

Em um importante manuscrito emanado da Guardamoria das Minas de Paracatu, datado de 1769, a pedido do Conde de Valadares, então Governador e Capitão-general da Capitania de Minas Gerais, se faz a relação de quantos mineiros, sua escravatura e a quantidade de datas minerais que eles possuíam. São 95 pessoas, a maioria com sócios, que controlavam a exploração de ouro no então Arraial de Paracatu. Alguns deles eram pioneiros do tempo do comunicado oficial dos descobertos das minas, outros por compra de datas minerais, o que era recorrente. Dentre eles, nota-se a presença de muitos padres, que arregaçaram as batinas, ávidos em encontrar o precioso e vil metal,bem como de ex-escravos, pardos e negros forros, que a despeito de suas condições anteriores,mantinham seus escravos na prospecção das minas. O ouro extraído era predominantemente de aluvião, e os principais veios se encontravam nos morros Cruz das Almas e de São Gonçalo, e nos córregos: Rico, Macacos, Babão, São Domingos, Santo An…